quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

QUEM ERA MELQUIZEDEQUE?

Existe ainda hoje vários debates acerca deste personagem que repentinamente aparece e depois desaparece. Alguns dizem que era apenas um homem o qual era um Sacerdote de Salém, e outros dizem ser uma aparição de Cristo ( Cristofania), antecedendo sua encarnação. A bíblia parece atribuir a este personagem as caracteristicas de Deus, dizendo que também era “Rei de Salém” e feito “semelhante” ao filho de Deus. Este texto tratará de ambos os assuntos e objeções, permitindo que o leitor encontre o sentido correto.
(Hebreus 7:1) - PORQUE este Melquisedeque, que era rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abraão quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou; (Hebreus 7:2) - A quem também Abraão deu o dízimo de tudo, e primeiramente é, por interpretação, rei de justiça, e depois também rei de Salém, que é rei de paz; (Hebreus 7:3) - Sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas sendo feito semelhante ao Filho de Deus, permanece sacerdote para sempre.


A Teoria de que Melquisedeque Era uma "Cristofania"
Esta opinião se baseia no versículo 3, do capitulo 7, onde Melquisedeque é apresentado como alguém;
  1. Sem pai, sem mãe, sem genealogia;
  2. que não tem princípos de dias;
  3. que permanece sacerdote para sempre.
Interpretanto estes fatos literalmente, Melquisedeque seria uma aparição de Cristo no antigo Testamento. Isto não significa que Cristo foi encarnado duas vezes. Cristo apareceu muitas vezes “semelhante” a um homem ou anjo e até mesmo em forma de nuvem e coluna de fogo, no deserto do Sinai. Note que as citações em que Cristo apareceu na terra como anjo do Senhor:
  1. A Agar (Gn 16.7-14)
  2. A Moisés ( Ex 3.2-5)
  3. A Gideão (Jz 6. 11-13)
Duas objeções são frequentemente citadas contra o parecer de que Melquisedeque fosse uma cristofania. Primeiramente, parece que este homem era o rei de um determinado lugar – provavelmente a antiga Jerusalém. E como poderia Cristo viver entre os homens como um rei ( no Antigo Testamento), e não ser mencionado nas Escrituras? Segundo, Melquisedeque foi feito “semelhante” ao filho de Deus, diz hebreus 7.3.
Estas objeções poder ser interpretadas da seguinte maneira: primeiramente “rei de salém” não significa necessariamente que esta pessoa governasse ou dominasse sobre certo lugar. É meramente um título descritivo, ( Is 9.6). “Depois também é rei de Salém, ou seja rei de paz”.

A Teoria que Melquisedeque era um Homem.
Aqueles que optam por este parecer, acham que a frase”sendo feito a semelhança do Filho de Deus”, exclui qualquer possibilidade de Melquisedeque ser Cristo. Deduzindo: como pode Cristo tornar-se o modelo de si mesmo?
Contrariando este parecer, “Rei de Salém”, por sua vez indica que Melquisedeque estava reiando como rei terreno. Eles acham que isto é incoerente como os ensinos do Novo Testamento, isto é, dizer que Cristo viveu como homem entre os homens, anterior à sua encarnação.
Aqueles que discorda, desta teoria, poderão apresentar três e: primeiramente, eles não tinha pais ou genealogia, e os únicos seres humanos que se enquadram em tal descrição seria Adão e Eva. Segundo, Melquisedeque é descrito como sem princípio, nem fim de dias. Isto nos diz que ele não foi criado como sacerdote eterno, e o único capaz disso é Cristo.
Por outro lado, aqueles que optam por este parecer, responderiam que “sem pai,ou mãe ou genealogia” significa simplesmente que não há registro na Bíblia do seu parentesco.
Assim sendo, “sem princípios de dias,s nem fim de vida” significa que não temos relato do seu nascimento e morte, podendo desta forma ser comparado a Cristo. Finalmente a frase “ sacerdote para sempre” refere-se mais ao seu sacerdócio, do que a sua personalidade

0 comentários: