sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

JESUS DISSE: MEU PAI É MAIOR DO QUE EU...

O Pluralismo religioso dos dias atuais e muitos dos quais se dizem cristãos, tem gerado uma grande controversia sobre a preexistência de Jesus Cristo e sua igualdade com Deus o Pai. Algumas dessas religiões são os Racionalistas Cristãos, os Mórmons (Santos dos últimos dias), As testemunhas de Jeová, e o Unitarismo. Além de estabeleceram pontos de origens divergentes para as três pessoas da Santíssima Trindade. A controvérsia é gerada sobre a pessoa de Jesus, sua santidade, poder e soberania. A polêmica Cristológica é gerada pela resposta que se dá a pergunta... “Quem diz o povo ser o Filho do Homem ? ” e pela reação à declaração “...e o Verbo era Deus...”.
O Objetivo exclusivo dessas seitas com tais alegações doutrinárias é a de “Humilhar a pessoa de Jesus Cristo”, onde os mesmos usam como desculpas que o mesmo foi criado, sendo portanto homem e não Deus, tendo com isso um princípio de vida e de existência, não acreditam no arrebatamento da igreja, e outras seitas tem como princípio a implantação e salvação durante o período Milenar...veja estudo sobre o Milênio:. http://ludeblog.blogspot.com.br/2009/12/o-proposito-do-milenio.html#.VYGBhPlViko.
Esta é uma das passagens mais consistentes, do novo testamento.

Onde o  próprio Deus o Pai chama o seu filho de Deus e Senhor (Hb 1.8)

 Mas, do Filho, diz: Ó Deus, o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos; Cetro de eqüidade é o cetro do teu reino. E: Tu, Senhor, no princípio fundaste a terra, E os céus são obra de tuas mãos. (Hebreus 1:8-10) Versão ARC.

Nomes divinos atribuidos a Cristo.
Jesus é chamado “Deus” em vários trechos da Bíblia. No NT; João 1.1, O Verbo era Deus, Tomé afirma sua fé, chamando Jesus de: “...Senhor meu e Deus meu” (Jo 20.28)
Jesus é chamado de “Senhor” vinte e uma vez no Novo Testamento; Em Atos 9.17, lemos as palavras de Ananias...” Saulo, irmão, o Senhor meu enviou, a saber, o próprio Jesus que te apareceu no caminho por onde vinhas...”, Em Atos 16.31, Paulo e Silas proclamaram ao carcereiro”... Crê no Senhor Jesus e serás salvo tu, e tua casa.”. Foi chamado Filho de Deus repetidas vezes. Quando ele perguntou a Pedro”...quem dizeis que eu sou.?”, Pedro lhe respondeu: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. (Mt 16.16). foi também reconhecido pelo demônios: Mt 8.29, “...Que temos nós contigo, ó Filho de Deus!”

Poderia mostra em toda a Bíblia várias passagens apontando Nosso Senhor Jesus Cristo, como Criador: Gn 1.1; Jo 1.3; Jo 17.5-24, Como o Princípio e o Fim (Ap 1.8). Como o “Eu Sou” Ex 3.14. Como Verbo e Deus, Jo 1.1. Ele é igual ao Pai; (João 10:30) - Eu e o Pai somos um.

O Espírito Santo  fala alertando para àqueles que ouvem a Sua voz, “a de Jesus”. (Hebreus 3:7)

“não endureçais o seu coração”, e ao mesmo tempo fala de sua presença no deserto juntamente com os filhos de Israel. “ Portanto, como diz o Espírito Santo: Se ouvirdes hoje a sua voz.” a vós de quem?. De Jesus é claro! (Hebreus 3:7).

Jesus mesmo se proclamou Divino.
Aos 12 anos de Idade:  - E ele lhes disse: Por que é que me procuráveis? Não sabeis que me convém tratar dos negócios de meu Pai? (Lucas 2:49).  Eu e o Pai somos um. (João 10:30).  Disse-lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai? (João 14:9).  Àquele a quem o Pai santificou, e enviou ao mundo, vós dizeis: Blasfemas, porque disse: Sou Filho de Deus? (João 10:36).

Um dos Sinais dos fins dos tempos, tem sido a negação feita por pseudos cristãos quanto à divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo. Para os tais, tem sido irracional a afirmação da teologia neotestamentária, de que Cristo era Verdadeiro homem e Verdadeiro Deus. Mas acima do que ele creem e pregam, está o testemunho insofismável das Escrituras Sagradas, que apresentam um Cristo nascido de carne como qualquer homem, e, ao mesmo tempo, exercendo atributos inerentes a Deus, o Pai.
Muitas declarações a respeito de Jeová, no Antigo Testamento, são afirmada e interpretadas no Novo Testamento, referindo-se profeticamente a Cristo. Compare as citações Bíblicas:

Antigo Testamento
Novo Testamento
Êxodos 3.14
João 8.56-58
Números 21.6,7
I Coríntios 10.9
Deuteronômio 6.16
Mateus 4.7
Salmo 23.1
João 10.11; Pe 5.4
Isaías 6.10
João 12.37-41
Isaías 8.12,13
I Pe 3.14,15
Isaías 8.13,14
I Pe 2.7,8
Isaías 40. 3,4
Lucas 1. 68,68,76
Isaías 60. 19
Lucas 2. 32
Jeremias 17. 10
Ap. 2.23
Ezequiel 34. 11,12
Mt. 10.6; Lc 19.10



Portando amados irmão, Jesus em sua Palavra dá um ultimato.

Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o SENHOR, para glória de Deus Pai. (Filipenses 2:10,11).

O Espírito Santo é a segunda pessoa mais criticada por estas seitas, veja abaixo algumas referências provando sua divindade.

O Espírito Santo.
Na Criação do Mundo.
(Gênesis 1:2) - E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.
“Pelo seu Espírito ornou os Céus” Jó 26.13

O Espirito Santo é Deus.
(Atos 5:3) - Disse então Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, e retivesses parte do preço da herdade? (Atos 5:4) - Guardando-a não ficava para ti? E, vendida, não estava em teu poder? Por que formaste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus.
O Espírito Santo é onisciente, onipresente, onipotente.
(Salmos 139:7) - Para onde me irei do teu espírito, ou para onde fugirei da tua face?
(Salmos 139:8) - Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali estás também.
(Lucas 1:35) - E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus.

A Onisciência do Espírito Santo. (I Corintios 2.9-11)

(I Corintios 2:9) - Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, E não subiram ao coração do homem, São as que Deus preparou para os que o amam. (I Corintios 2:10) - Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus. (I Corintios 2:11) - Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus.

Nomes dado ao Espírito Santo.
Espirito de Deus – I Co 3.16, Espírito de Cristo I Pe 1.11, Espírito de Vida Rm 8.2, Espírito de Adoção Rm 8.13, Espírito Consolador Jo 14.16, Espirito da Graça Hb 10.29, Espírito de Oração Rm 8.26,27.

Símbolos do Espírito Santo.
Fogo (lc 3.16). Vento (At 2.2). Água, Rio, Chuva ( Jo 7.37-39), Óleo, Azeite ( Zc 4.2-6), (Lv 14.17),( Ex 30.30; Lv 8.12; I Sm 10.1; 16.13; IRs 1.39), Selo ( Ef 1.13, 2Tm 2.19), Pomba (Mt 3.16-17).

O Espírito Santo no Antigo Testamento.
Na vida de José: “acharíamos homem como este em que há o Espírito de Deus” Gn 41.38. O Espírito Santo na Vida de Moisés, Nu 11.17-25. Na vida de BESALEEL, onde recebeu do Espírito Santo sabedoria para construção do tabernáculo, elaborando desenhos, trabalhando com ouro e bronze, na lapidação de pedras, Ex 31.1-6; 35.30-35.

Nos Profetas. O apostolo Pedro disse que os profetas, “Falaram movidos pelo Espirito Santo” II Pe 1.21; II Timóteo 3.16.

O Espirito Santo no Ministério de Jesus.
Para João Batista apresentar a Jesus como o Messias prometido a nação Judaica precisava estar seguro e ter garantias legais para tal. Por isso Deus lhe prometeu dar-lhe um sinal visível o qual serviria para identificar o verdadeiro Messias. Então o Céu se abriu e o Espírito Santo em forma de uma pomba desceu sobre Jesus. Autenticando assim o ministério de Jesus, e confirmando ser Ele o Filho de Deus.

O Espírito Santo na Ressurreição de Jesus. Rm 1.4; 8.11, na ascenção, At 1.8; Jo 16.7

O Espírito Santo na vida do Crente.

a) habilita ao crente Rm 8.9
b) inclina-se à vida e a paz Rm 8.6
c) guia-o como filho de Deus Rm 8.14
d) testifica com o nosso espírito que somo filhos de Deus Rm 8.16
e) assiste-nos em nossas fraquezas Rm 8.26
f) intercede por nós Rm 8.27
g) Convence o homem do pecado da justiça e do juízo. Jo 16. 8-11
h) O Espírito Santo regenera Ef 2.1; faz nascer de novo Tt 3.4,5 I Pe 1.23.
i) O Espírito Santo produz santificação Ef 5.18.

O Espírito Santo tem sentimentos.

 Podemos entristecer o Espírito Santo de várias maneiras:
a) Sendo rebeldes: "Mas eles foram rebeldes e constristaram o seu Espirito Santo..." (Isaías 63.10)
b) Palavras Ímpias. "Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe..." (Ef 4.29)
c) Amor as coisas mundanas. "Não ameis o mundo nem as coisas que no mundo há..." (I Jo 2.15)
e) E não entristeais o Espírito de Deus, no qual foste selados para o dia da redenção" (Ef 4.30).

O Pecado Contra o Espírito Santo não tem Perdão.

Nem todo pecado  contra o Espírito Santo é blasfêmia, mas toda a blasfêmia contra o Espírito Santo é Pecado. ( Mc 3.22; Mt 12.24).

O Que é um pecado de blasfêmia?


É quando nós atribuímos a satanás tudo aquilo que é proveniente do Espírito Santo e a Ele pertence, foi o que fizeram os fariseus. Pois os mesmos falaram que Jesus estava expulsando os demônios por Belzebu.








1 comentários:

Lollipop disse...

Eu gostei muito do seu post :)
tudo de bom pra você e sua família Lude
Boas festas !