sexta-feira, 27 de novembro de 2009

O SEGUNDO PENTECOSTES E A CONVERSÃO EM MASSA DOS JUDEUS


grande tribulação,segunda vinda de Jesus,pentecoste

Em Joel 2.20, vemos o Senhor destroçando o exército invasor que vem do norte e no versículo 28, temos a promessa do derramamento do Espírito Santo “Sobre toda a Carne”. Essa promessa cumpriu-se parcialmente no dia de Pentecostes (Atos 2.16,17). Porque dizemos parcialmente?. Por duas razões:

1) Em Joel 2.28. Fala de derramar “O” Espírito, o que significa um derramamento pleno. Já em Atos 2.17, a Palavra derramar “ DO” Espírito, o que significa um derramamento parcial, são palavras que alteram grandemente o sentido habitual e imediato das coisas.

2)No dia de Pentecostes, e desde então, não se cumpriram os sinais preditos em Joel 2.30,31, os quais ocorrerão somente durante a grande tribulação ( Mateus 24.29; Apocalipse 6.12 – 14; Atos 2.19 – 20). Haverá, portanto, um grande despertamento espiritual entre os judeus, resultando em muitas conversões.
Vejamos Joel 2.31 – 32, atentando bem para a conjunção “e” que liga um versículo ao outro.

“O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e terrível dia do SENHOR. E há de ser que todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo; porque no monte Sião e em Jerusalém haverá livramento, assim como disse o SENHOR, e entre os sobreviventes, aqueles que o SENHOR chamar”. (Joel 2:31, 32).
Outra referencia que se aplica a igreja, fica em Mateus 24.9, quando diz: “Então, sereis atribulados, e vos matarão. Sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome”. Mas que na verdade trata-se de Israel nesse tempo e daí para frente.
O derramamento do Espirito Santo, que teve inicio entre os Judeus no dia do Pentecostes foi interrompido, mas terá então pleno cumprimento o qual precederá de fato o “Dia do Senhor” (Atos 2.17,20).

Grande tribulação,Pentecoste,Segunda Vinda do Senhor,TribulaçãoOs 144.000 judeus salvos ocorrerão nesse tempo. Serão selados por Deus. Esse selo refere-se ao que está descrito em (Apocalipse 14.1), os quais são representantes das tribos de Israel. Certamente dentre eles sairão os missionários que levarão a Palavra de Deus ao mundo, conforme afirma a profecia de Isaías 66.19. Eles substituirão a Igreja na obra de testemunhar a respeito do Senhor.
A mensagem que pregarão não será do Evangelho que conhecemos, mas o chamado “Evangelho do Reino” (Mateus 24.14), o qual anuncia a eminente volta do Salvador a Terra e o Julgamento das Nações impenitentes. Esse evangelho foi anunciado por João batista ( Mateus 4.23), pelos doze Apóstolos ( Mateus 10.7). Entretanto como os judeus rejeitaram o Rei, o evangelho passou a ser anunciado a todas as nações (Mateus 28.19). as palavras de Jesus, em (Mateus 10.23), refere-se sem dúvida a esse tempo em que os judeus pregarão o Evangelho antes de sua volta. Os pormenores do contexto em foco mostram tratar-se de eventos futuros. (Mateus 10:23) - Quando pois vos perseguirem nesta cidade, fugi para outra; porque em verdade vos digo que não acabareis de percorrer as cidades de Israel sem que venha o Filho do homem. O resultado desse testemunho será uma conversão em massa dos  judeus dentre todas as Nações na época da Grande Tribulação. (Apocalipse 6.9-10; 7.9). haverá muito sofrimento ( Mateus 24.9).

Conclusão.

Esse evangelho será constituído de ensino, pregação e milagres (Mateus 4.23). Muitos esperam por um grande despertamento espiritual em Israel. Mas a Bíblia revela que primeiro haverá despertamento nacional e político, e isto já está acontecendo perante os nossos olhos (Ezequiel. 37.1-8). Somente depois é que vira o despertamento Espiritual.(Ezequiel 37 9-14).

Bibliografia:

Fontes pesquisadas: https://www.bibliaonline.com.br/
Fontes pesquisadas: Bíblia Ferreira Almeida - ACF
Fontes pesquisadas: http://bibliaportugues.com/kja/

Pr. Adilau V. da Costa

Igreja Evangélica Assembleia Universal

1 comentários: