sexta-feira, 10 de setembro de 2010

POR QUE JESUS AINDA NÃO VEIO?

arrebatamento

O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conos co, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.(II Pedro 3:9)  
A vinda de Jesus Cristo ( O arrebatamento da Igreja) e o fim do mundo, são dois eventos totalmente distintos. (Mateus 24:3) - E, estando assentado no Monte das Oliveiras, chegaram se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Dize-nos, quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo?

Nos Evangelhos, Jesus usando de parábolas fala tanto do fim dos séculos (do Mundo físico) como do arrebatamento da igreja. (II Pedro 3:16) - Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição. (II Pedro 3:3) - Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências, (II Pedro 3:4) - E dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação.

Mas porque tanta polêmica quanto à volta de Jesus Cristo?
(Romanos 8:19) - Porque a ardente expectação da criatura espera a manifestação dos filhos de Deus. Expectação; o Mundo vive na Expectação, o que está ocorrendo na face da terra; as guerras e rumores de guerras, epidemias, vendavais, terremotos e maremotos, furações, as mudanças climáticas, a violência urbana e doméstica, uso e consumo exagerado de drogas, o avanço tecnológico e científico, frieza espiritual, apostasia, são transformações provocados pelo pecado. (Apocalipse 12:1) - E VIU-SE um grande sinal no céu: uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos seus pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a sua cabeça. (Apocalipse 12:2) - E estava grávida, e com dores de parto, e gritava com ânsias de dar à luz. A criatura e a terra estão sofrendo “as dores do Parto”, isto é passando por aflições, e clamando pela sua redenção. (Romanos 8:22) - Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora. (Romanos 8:23) - E não só ela, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo. Este processo que estamos passando são aflições e uma expectativa pela manifestação da vida e daquele que é perfeito. (I Corintios 13:10) - Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado. (Colossenses 3:4) - Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória.
Até as almas dos justos salvos que estão debaixo do altar, estão clamando por vingança. (Apocalipse 6:10) - E clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra?
1º - A Visão do Relógio. “Meia noite”
Em 1984, eu era membro da igreja Metodista Wesleyana, e durante uma campanha de oração, tive uma visão onde vi um grande relógio e uma grande lua cheia, e este relógio marcava exatamente “Meia noite”. Ao passar a visão pude meditar na passagem das “Virgens Loucas” (Mateus 25:6) - Mas à meia-noite ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo, saí-lhe ao encontro. Mas porque a meia note?. A meia noite é a passagem de um dia para o outro, isto é o fim do velho mundo e o começo de um novo sob a liderança e senhorio de Cristo.
2º - Visão do Relógio. “ Meia noite e vinte minutos”
Após ter passado um ano da primeira visão, tive outra visão, em que contemplei a mesma visão, porém o relógio marcava meia noite e vinte minutos ( 00:20), minha preocupação aumentou pois além desta visão tive outras revelações sobre a igreja e o mundo, onde a vaidade predominava na igreja e a violência no mundo, fiquei muito preocupado também com minha vida espiritual.
3º - Visão do Relógio. “Meia noite e quarenta minutos”
Um ano após ter tido a segunda visão tive uma terceira, onde contemplei a mesma visão, porém o relógio marcava meia noite e quarenta minutos ( 00:40). Após ter contemplado aquela visão, lembrei-me das anteriores, mas foi ai que o Espírito Santo, me fez compreender todas as visões, “ Já tinha passado o tempo e estávamos agora sob a paciência de Deus”. (Mateus 24:22) - E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.
O arrebatamento da Igreja irá ocorrer a qualquer momento, todas as promessas anteriormente profetizadas foram cumpridas. (Mateus 24:37) - E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. O apostolo Paulo fez do arrebatamento da igreja um dos mais importantes assuntos de suas epístolas. (I Tessalonicenses 4:16) - Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. (I Tessalonicenses 4:17) - Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.
Será o mortal sendo revestido da imortalidade, onde as limitações humanas serão anuladas pela comunicação da vida eterna eminente na Pessoa de Jesus Cristo
(I Corintios 15:51) - Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; (I Corintios 15:52) - Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.
Maranata! Vem Jesus.



0 comentários: